Número total de visualizações de página

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Manifesto

Manifesto de Proposta à Junta de Freguesia das Caldas da Rainha, N.ª Senhora do Pópulo – VIVER A CIDADE













“ Eu não sou como muitos que estão no meio de um grande ajuntamento de gente e completamente isolados e abstractos. A mim o que me rodeia é o que me preocupa”.
(Cesário Verde)

Saudades, tenho saudades das Caldas, das Caldas com personalidade própria, das Caldas que chamava a si milhares de forasteiros nas suas Feiras da Cerâmica e da Fruta, onde se passeava num parque pleno de vida, onde vinham turistas, onde muitas vezes ficavam a viver, quem por cá passava casualmente (no serviço militar, em trabalhos vários, ou como professor), ficavam, porque se sentiam atraídos pela cidade acolhedora e a fervilhar de vida.
Claro que a vida mudou, os interesses mudaram, mas a cidade tem que ser das pessoas que a têm que sentir como sua.
A cidade tem que agradar-lhes para que elas se possam apropriar e amar os seus espaços, as suas riquezas, os seus encantos!...
Chamo-me Maria Teresa Maio S. Milhanas Serrenho, nasci nas Caldas da Rainha, (antigamente dizia-se Freguesia e Concelho de Caldas da Rainha), hoje Freguesia de N.ª Senhora do Pópulo.
Aqui cresci, aqui estudei, aqui nasceram os meus filhos e os meus netos. E é por amor a esta terra, nem sempre valorizada como devia, que sinto que é tempo de fazer alguma coisa em seu favor.
Impulsionada por um grupo de cidadãos, que para além do amor às Caldas partilham comigo o desencanto e a desilusão que têm sido os partidos políticos, com os seus círculos fechados, onde quem consegue penetrar não é muitas vezes porque tenha mérito, não é porque tenha projectos ou valor, mas sim porque pertence ao “aparelho” ou porque não constitui ameaça ao poder há muito instituído.
Assim, decidi candidatar-me a Presidente da Junta de Freguesia de Caldas da Rainha, N.ª Senhora do Pópulo.
Não, quero lutar contra ninguém, pois sou uma pessoa de paz. Não concorro contra, concorro a favor das Caldas, do coração da cidade!
Tenho consciência que não é uma tarefa fácil mas é possível!
Sei que é difícil motivar as pessoas ocupadas dentro das suas atarefadas vidas, pessoas que deixaram há muito de participar, que deixaram até de reclamar e muitas até de votar.
Mas não podemos continuar a ser “espectadores”! Todos somos responsáveis, todos temos que nos preocupar e só a mudança de pequenas coisas poderá melhorar o todo, melhorar as Caldas onde vivemos.
Acredito que é possível fazer mais e melhor, e acredito tal como os que me apoiam, que serei uma peça importante nessa mudança, na defesa do bem comum que temos obrigação de deixar melhorado para as gerações vindouras.
Nasci nas Caldas, sou “Águas Mornas” com orgulho, pois sou pacífica e apaziguadora, mas como todas as águas têm o seu ponto de ebulição, vamos mesmo agitar as águas das Caldas da Rainha!...
Conto Convosco!
Sabem que contam comigo!...
Maria Teresa Maio Santos Milhanas Serrenho

Sem comentários:

Enviar um comentário