Número total de visualizações de página

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

21 às 21



No dia 21 às 21horas, realizou-se mais um "21 às 21", no Café Concerto do CCC,subordinado ao tema " O Poder do Marketing e dos Consumidores". Neste colóquio contámos com a prestimosa presença do Dr. José Rafael Nascimento, a que agradecemos a gentil presença e sobretudo os conhecimentos que nos transmitiu.

sábado, 13 de fevereiro de 2010

Concurso de logotipo


No dia 21 de Fevereiro será também lançado o Concurso do logotipo para indicativo da actividade mensal 21 às 21. Esperamos uma boa adesão e contamos especialmente com os estudantes da nossa cidade.

" 21 às 21" de Fevereiro

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Ainda o colóquio do dia 21 às 21 (correcção)


Por solicitação do nosso ilustre palestrante Professor Doutor Nuno Gama de Oliveira Pinto, corrigiremos de seguida o conteúdo do texto publicado no Jornal das Caldas do dia 27 de Janeiro, no qual se encontraram algumas incorrecções e lapsos, dos quais pedimos desde já as nossas desculpas. Assim deverá ler-se:

«O também membro do Team Europe considerou que “é impossível construir
uma Europa de costas voltadas para as pessoas”, sustentando também que "é difícil
justificar a adesão da Turquia e deixar de fora a Croácia e outros países igualmente candidatos", para ainda comentar que seria "um erro, em sua opinião,alargar a UE a países de África e Ásia".
No final do debate, que durou cerca de três horas, Teresa Serrenho, presidente da associação promotora do evento,frisou que há vontade de continuar a realizar conferências aos dias 21 e às 21 horas com assuntos actuais.»

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Colóquio "Dia 21 às 21"

IN Jornal das Caldas do dia 27 de Janeiro de 2010

No âmbito do ciclo de encontros “Dia 21 às 21h”, da Associação Movimento Viver o Concelho, das Caldas da Rainha, realizou-se no passado dia 21, no Café Concerto do CCC, o colóquio “Processo de Integração Europeia Balanço e Perspectivas”.O orador convidado, Nuno Oliveira Pinto, fez uma extensa explicação do processo de construção e integração da União Europeia, passando depois a uma fase de debate onde questionou e desafiou os presentes a apresentarem algumas dúvidas sobre o alargamento da União Europeia dos actuais 27 a 30 países.O também membro do Team Europe considerou que “é impossível construir uma Europa de costas voltadas para as pessoas”, sustentando também que “é difícil justificar a adesão da Turquia e deixar a Croácia e outros países mais pequenos”, para ainda comentar que será “um assassinato” alargar a países de África e Ásia.No final do debate, que durou cerca de três horas, Teresa Serrenho, presidente da associação promotora do evento, frisou que há vontade de continuar a realizar conferencias aos dias 21 e às 21 horas com assuntos actuais.
Carlos Barroso